Uma sensação diferente

Um leitor me disse que não tinha certeza se atuações individuais poderiam contribuir com a redução de emissões de carbono, depois de ler o post sobre o show do Live Earth. Será que ele tem razão?

Preste atenção na história que vou contar agora:

*****

Em uma pequena cidade do interior do país, onde a base da economia era a criação de gado leiteiro, os produtores estavam eufóricos pelos altos níveis de produção de leite. Ninguém entendia muito bem como as vacas produziam tanto e especulavam. Será a água? Será o capim? Ou será pura sorte?

Apesar da grande produção, todo leite era consumido pela região, o que mantinha o preço lá em cima trazendo altos lucros aos pecuaristas, que comemoravam semanalmente na praça da cidade.

Ainda mais empolgado com toda essa história estava o prefeito da cidade, que via os cofres públicos cheios como nunca antes, por conta dos impostos recebidos da venda do leite e de um significado aumento do turismo, pois todos queriam conhecer a cidade campeã na produção de leite. Todos lucravam!

Querendo muito mais projeção para seu município, o prefeito convocou uma reunião com todos os produtores e disse que tinha uma idéia: “Vamos construir uma fonte na praça da cidade e ao invés de jorrar água, ela jorrará leite. Será um atrativo a mais e todos nós poderemos ganhar muito mais.”

Foi aquela euforia e todos ficaram muito empolgados. Construída a fonte, ficou combinado que os produtores abasteceriam a fonte com 10 litros de leite cada um.

No dia marcado para o abastecimento e posterior inauguração da fonte, os produtores chegavam com seus “barris” de leite e despejavam no reservatório. Um dos produtores, antes de sair de sua fazenda com o leite pensou: “Quer saber, porque vou desperdiçar 10 litros de leite com essa idéia maluca do prefeito. Vou levar água no lugar de leite. Com tanto leite naquela fonte, ninguém vai nem notar”.

Feito isso e com a fonte totalmente abastecida, o prefeito que havia feito grande propaganda da inauguração e contava com uma praça lotada de eleitores, fez um discurso grandioso exaltando as qualidades da cidade, a generosidade dos produtores, a bondade de seus eleitores e todas essas ladainhas políticas que você já conhece.

Ao final do discurso, o prefeito acionou a fonte e, para surpresa de todos, jorrou apenas água.

*****

Hoje fui a feira próxima à minha rua, escolhia as frutas que desejava levar, e quando o rapaz ia ensacar, eu pedia para ele não fazer isso que eu despejaria as frutas em minha sacola. E fiz isso durante toda a feira, com todas as frutas e legumes que decidi comprar.

Não fiquei na feira o tempo todo fiscalizando, mas quantas pessoas você acha que fizeram isso hoje? Com essa decisão eu eliminei vários sacos plásticos que iriam para o lixo. É certo que o saco plástico que eu não usei alguém usou, mas e se todos pensassem iguais. Simples, ninguém teria levado plástico para casa.

O importante é saber que não podemos esperar pela ação do outro. Experimente fazer algo diferente, surpreenda as pessoas, assista de novo o vídeo do filtro solar e tenha uma sensação diferente.

Terra

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Cotidiano Nacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s