Meio barro, meio tijolo

Em mais um episódio da série “Apanhado Geral da Situação”, vamos às notícias que “abalaram” o Cotidiano Nacional neste fim de semana:

– O lançamento do livro do charlatão Edir Macedo foi um sucesso, segundo seus asseclas (jornalistas da Record). A impressão de 700.000 cópias indica que haverá 700.000 imbecis com dinheiro a menos no bolso.

– O pior foi escutar comentários favoráveis de escritores como Fernando Moraes e Ruy Castro. Na certeza receberam “algum” para dar aqueles depoimentos. Lamentável!

– Essa disseminação de livros deste tipo e entre outros que não preciso citar aqui me deixam tranqüilo quanto a uma situação. Caso ocorra, em pouco tempo, uma nova era do gelo, haverá muito material para ser queimado em fogueiras e lareiras, garantindo assim um pouco mais de calor. E àqueles que sobreviverem, certamente não sentirão faltas dos exemplares e estarão livres destas pragas.

– A nova TV do bispo de araque já vai mal das pernas. Ontem ficou vários minutos fora do ar, sem nenhuma explicação. Sem falar nas inúmeras repetições de programas e entrevistas. Esperar o que desse tipo de gente?

– O esporte foi o grande destaque desse final de semana. No GP Brasil de F-1, assisti com muita satisfação o pagamento pelo ano inteiro de sacanagens feitas pela McLaren. Só de falar da multa e da perda dos pontos por causa da espionagem já dá pra saber o nível. Depois, a empáfia do piloto inglês Lewis Hamilton acabou na primeira curva do autódromo. A carinha dele de vergonha no final da prova também foi impagável.

– Parabéns a Ferrari que conseguiu mais uma vez fazer um jogo de equipe e dar o título, que era aparentemente impossível de se conseguir, ao finlandês Mika Häkkinen, com a ajuda fundamental do Massa, pois o carro dele estava “sobrando” e poderia tranquilamente ter disparado na frente.

– O pódio estava repleto de autoridades, entre elas o governador José Serra e o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, que foram de trem, descendo na nova estação Autódromo (que fica a 600m do autódromo) para incentivar o paulistano a utilizar o transporte público. Tenho que ressaltar que a linha que faz esse trajeto (Linha C – Osasco/Jurubatuba) é uma das mais organizadas e com estações e trens novas. Mas ainda tem muito que melhorar.

– O futebol foi uma festa, com quase 300.000 pessoas comparecendo aos estádios (segundo informações das redes de TV), vendo um show de gols. Destaque para as 60.000 que foram ao Morumbi e as quase 74.000 pessoas (64.000 pagantes) que foram ao Maracanã. Todos comemoraram as vitórias de seus respectivos times, São Paulo e Flamengo.

– Saindo um pouco desse assunto do futebol, de desagrada alguns, provavelmente por causa das mazelas por que passam seus times, vamos falar um pouco de história. Esse ano é o aniversário de 90 anos da revolução russa. Apenas para resgatar aquele assunto levantando em “Meu lado socialista“, e tentar entender porque alguns a consideram a maior revolução já ocorrida em toda a história. Como disse antes, pelo pouco que li acabei ficando com a impressão de que os revolucionários eram muito parecidos com os opressores da época, dada a opressão que passaram a exercer.

– O problema é que para saber exatamente o que e como aconteceu, só estando lá ou conversando com alguém da época. Mas dada à distância dos acontecimentos, todos devem estar enterrados. Outra solução seria a leitura de livros de autores pró e contra a revolução. Uma vez, ao estudar sobre as Alemanhas (Ocidental e Oriental), tive a oportunidade de ter os dois pontos de vista e considero que o autor que falava a favor dos Orientais soube “vender melhor seu peixe”.

– O primeiro livro que lerei sobre a revolução russa será o de Marc Ferro, que é autor de várias obras e filmes sobre história hodierna. Ao fim vou tentar marcar minha impressão sobre esses aspectos e dependendo da postura de Ferro, procurar outro autor, como Trotsky, que escreveu sobre o assunto e foi participante ativo da revolução. Até lá! 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Série Apanhado Geral da Situação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s