O difícil não é fácil

Hoje escrevo mais um capítulo da série “Apanhado Geral da Situação”. Como subtítulo, poderia ter algo parecido como “Um tiro no pé” ou coisa parecida. Tiro no pé porque fica muito difícil escrever sobre o Cotidiano Nacional quando se decide não tomar muito conhecimento do mundo a sua volta e nem mesmo se importar com o que está acontecendo.

Mesmo assim, vamos comentar os últimos acontecimentos que mais chamaram a atenção deste colunista:

– Chegou ao fim a CPMF, que nasceu com caráter de provisória e foi ficando, ficando, até que a incompetência do governo Lula pôs tudo a perder. É obvio que esse dinheiro nunca foi usado para o fim que foi criado, que era o investimento na saúde. Agora o governo tem que refazer as contas e “cortar” inúmeras emendas de deputados. Certamente arrumará mais alguns inimigos.

– Um detetive de alguma polícia (não sei se britânica ou portuguesa) disse recentemente que a inglesinha Madeleine (aquela que foi seqüestrada em Portugal, ou morta pelos pais) estaria viva e deveria ser encontrada antes do Natal. Uma informação muito interessante e que dá esperança aos pais de reencontrar a filha. As informações seguintes é que são assustadoras: ela estaria em poder de pedófilos, mas estaria bem (?) e que estaria em algum lugar entre Portugal, Espanha e o Norte da África. Fácil de encontrar, não?

– Com a renúncia do senador Renan Calheiros, fico preocupado com a situação emocional da sua “viúva”, o senador Wellington Salgado. Em postagem anterior disse que pesquisaria os projetos do “nobre” senador, mas questiono se ele merece tamanha atenção. Talvez o faça em respeito a você, caro leitor.

– Tivemos um final de semana muito triste recentemente. A morte do piloto Rafael Sperafico e a da menina Jesiquele Oliveira da Silva, de 5 anos, comoveram as pessoas. O piloto morreu num trágico acidente em Interlagos, numa corrida de Stock Car.  Já a pequena Jesiquele é a primeira vítima de um “terremoto” no Brasil. Ela foi vítima do tremor de terra que atingiu uma comunidade rural de Minas Gerais. Na verdade o que houve foi uma acomodação do terreno, e isso pode ser confirmado pelos inúmeros outros tremores que aconteceram em seguida. Agora não podemos mais dizer que o Brasil é bom por não ter terremoto, furação, etc.

– A nadadora Rebeca Gusmão perdeu as medalhas conquistadas no Pan-americano do Rio de Janeiro por apresentar altos níveis de testosterona, conforme resultado do anti-doping. Na verdade isso era mais do que evidente, pois “estava na cara” dela. O curioso é que ela já havia sido preventivamente suspensa em novembro e era de total desconhecimento deste colunista.

– Caso de polícia. É assim que considero o que aconteceu no último domingo, quando a televisão do charlatão Edir Macedo exibiu reportagem falando sobre quem são e onde estão os “fiéis” da igreja do bispo. Uma cassação na concessão já seria um bom começo, mas duvido que este governo tenha capacidade para fazer algo grande. Absurdo completo.

Apesar de inúmeros acontecimentos, são estes os destaques que mais chamaram a atenção do Cotidiano Nacional.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Cotidiano Nacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s