Rondônia: 26 anos de braços abertos

O Estado de Rondônia comemora hoje 26 anos de criação. Em 1982, o Território Federal era transformado em Estado.

O editorial da Folha de Rondônia traz hoje um relato do que foram esses anos. Muita luta para aqueles que desbravaram uma terra quase inóspita. Pelo menos é isso que pensamos, principalmente pessoas como eu que o mais longe que saiu de SP foram cidades dos estados de Minas, Rio e Paraná, sem falar das cidades do interior de São Paulo.

A Amazônia continua sendo um mistério para mim, principalmente depois daquele acidente com o avião da Gol, quando eles mostraram aquela imensidão verde, “sem fim”.

O Estado recebeu migrantes de várias partes do país, e ainda segundo o editorial, hoje colhe os frutos do trabalho desenvolvido por essas pessoas.

Rondônia está em evidência também por conta da construção das hidrelétricas do Rio Madeira, investimentos que devem começar já neste ano.

Outra coisa que chamou a atenção em Rondônia é esse pensamento que trago no título deste post. Porque de braços abertos? Lendo uma entrevista do sanitarista Luiz Hildebrando Pereira da Silva, que trabalha em Rondônia desde 1997 quando se aposentou do Instituto Pasteur, da França, o Estado “não rejeita a presença de forasteiros”, diferentemente do que acontece com Amazonas e Pará, que dizem não precisar de ajuda dos “paulistas”. Não sei se eles consideram tudo da Bahia pra baixo como paulistas ou se é porque o Dr. Hildebrando é paulista, já que atuou nas Faculdades de Medicina de São Paulo e de Ribeirão Preto, ambas da USP.

Queria saber se os amazonenses e paraenses também pedem pra tirar do seu orçamento o “bolo” que vai daqui pra lá.

Gostaria de dar os parabéns ao povo de Rondônia pelo aniversário e pela condição de enxergar como iguais todos os brasileiros. Fiquei imensamente curioso em conhecer Porto Velho depois deste post.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Viagens pelos Estados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s