A decepção com os Sarney’s

Pode parecer ingenuidade que alguém ainda possa se desapontar com os políticos, mas temos que ressaltar o passado e a história do José Sarney.

Ele foi e sempre será “o presidente da Nova República”, responsável por cenas que hoje podemos considerar bizarras, como aquela com que os fiscais do Sarney fechavam mercados e padarias e cantavam o hino nacional, mas que representam um novo modo de vida do brasileiro.

Sarney foi firme naquela época e sua determinação em manter a abertura política brasileira, evitou um retrocesso e muitas incertezas após a morte (assassinato?) de Tancredo Neves. O medo maior? A continuidade da ditadura brasileira.

Hoje, infelizmente, não há mais espaço para a forma de vida que a família Sarney leva. Denúncias e mais denúncias aparecem a cada dia e toda a sua família parece estar atolada de lama até o pescoço.

Começo a crer que eles ganharam no “tapetão” o governo do Maranhão e sabe-se lá o que mais não acontece naquela parte do país que eu considero, vocês gostando ou não, “terra-sem-lei”.

O Senador José Sarney deveria não só sair da presidência do Senado, mas renunciar ao mandato, para que sobre um pouco da imagem do homem que possibilitou (sim, ele foi em grande parte responsável) que hoje possamos, ainda que de forma cambaleante, praticar a democracia.

Encerro esse post com o desejo de ver dias melhores para o Senado brasileiro e um pouco de vergonha para o nosso eterno “presidente da Nova República”. (ao fundo, hino nacional).

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Cotidiano Nacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s