Arquivo do mês: junho 2010

Empresas responsáveis

Tenho certeza que o nobre leitor já viu e ouviu propagandas de empresas que agora aplicam a responsabilidade social e ambiental.

Mas o que significa isso exatamente? Nós também não sabemos mas vamos procurar saber e contar para o fiel leitor do Cotidiano Nacional.

A partir de hoje vamos entrar em contato com essas empresas que se dizem responsáveis e vamos querer visitar suas instalações ou seus projetos sociais e ambientais.

Queremos saber se existe ação de fato ou é só enganação. Ou só modismo. Se a empresa diz que faz, não vemos nenhum motivo para não mostrar para todo mundo, até mesmo para dar maior credibilidade.

E vamos contar com o auxílio do nosso leitor. Se você sabe de uma empresa que planta árvores ou que diz realizar algum tipo de compensação ambiental, entre em contato conosco para que possamos averiguar os fatos. Teremos o maior prazer de dizer aqui que a empresa “X” realmente é responsável.

Atualmente temos duas empresas na nossa mira e um órgão público. Faremos um primeiro contato inicial e assim que for possível, continuaremos a informar ao nosso leitor sobre essa nova demanda.

Deixe um comentário

Arquivado em Cotidiano Nacional

Eleições 2010: Serra quer ser o presidente da produção

Numa manhã despretensio enquanto esperava o início do meu expediente, ouvi uma entrevista do candidato a presidência pelo PSDB, José Serra, ex-governador de São Paulo.

A entrevista foi muito boa e Serra parecia muito a vontade com os jornalistas, mas em dado momento, ele disse algo que me assustou e a pergunta do jornalista foi pior ainda.

Serra se declarou querer ser o “presidente da produção” e o jornalista perguntou se ele não deveria querer ser o “presidente do consumo”.

Serra se saiu bem e disse que a produção promove o consumo, etc, etc e tal.

Mas vamos logo ao que interessa: como é possível, no ano de 2010, um candidato a presidente dizer que sua principal virtude ser estiular a produção e consumo.

Pergunto: Onde entra a questão de reciclar, reutilizar, reduzir, efeito estufa,acordo de Kioto e o escambau?

E extremamente decepcionante ouvir de um candidato a presidência sua aparente nenhuma preocupação com o meio ambiente e com o desenvolvimento sustentável.

Deixe um comentário

Arquivado em Eleições 2010

Eu me regozijo com o fracasso da França

A Copa do Mundo da Africa do Sul, para mim, já acabou. Nada mais, nem mesmo o Hexa dará mais alegria do que deu o fracasso da França.

E o fracasso deles tem nome e sobrenome: Raymond Domenech. Ele foi a laranja podre da delegação francesa. E bem podre por sinal.

As imagens que certamente rodaram o mundo das brigas e das inúmeras discussões e reviravoltas na delegação francesa foi de envergonhar a todos, franceses e todos aqueles que gostam de futebol. Precisou o governo intervir, o que torna o episódio mais vergonhoso ainda.

Minha alegria só não foi 100% porque os franceses conseguiram fazer um gol. Uma pena!

Não é a primeira vez que promovo algo contra a França e contra os franceses, o que mostra que não é totalmente um implicância. Em outra oportunidade, sugeri que uma marca famosa de carros franceses fossem boicotada pelo papelão que fizeram, ou permitiram fazer ao Nelsinho Piquet.

E o já ex-técnico de futebol terá que rapidamente ocupar-se com outra atividade. Vi na internet algo que parecia ser umas figurinhas de album, com o nome dele estampado, mostrando que foi um jogador de futebol. Medíocre, por sinal, pois não consegui achar nenhum feito incrivel na sua carreira.

Conseguiu, não sei como, ficar 6 anos a frente da França e seu maior feito talvez tenha sido desclassificar o Brasil da Copa de 2006. Nada mais. Será lembrado apenas pelo seu fracasso na Africa do Sul, que tenho o imenso prazer de ajudar a fixar na mente do nobre leitor.

Deixe um comentário

Arquivado em Cotidiano Nacional