O poder da reclamação

Já faz um tempo que as coisas mudaram quando o assunto é a satisfação do consumidor. Hoje, muitas das vezes, uma reclamação é na maioria das vezes resolvida de forma simples, sem a intervenção de ninguém e o consumidor aprendeu que isso faz parte de seus direitos.

Ainda há muito o que melhorar, porque sempre teremos empresas picaretas e gente mal intencionada querendo enganar e levar vantagem.

Hoje fiz uma reclamação em relação ao atendimento prestado por um banco. Surpreendentemente recebi uma ligação da agência menos de uma hora depois de registrada a ocorrência no site da instituição. Fiquei surpreso mesmo. Foram atenciosos e principalmente tranquilizadores, o que fez com que eu considerasse a demanda encerrada.

Mas nem sempre é assim e nem sempre a reclamação é em busca de uma compensação, mas em busca de uma melhora no atendimento por parte desta ou daquela instituição. Assim foi a reclamação com outra instituição financeira, acerca de uma débito em minha conta corrente.

Esse atendimento não foi muito exemplar. Alias, essa instituição financeira vem apresentando uma piora nos serviços e um descaso com seus clientes que me fizeram tomar uma decisão. Vou encerrar a conta neste banco.

Outra reclamação recente que ainda não obtive resposta foi com uma fabricante de sucos. O lacre da caixa longa vida simplesmente descolou, impossibilitando conservar o suco na geladeira. Poderia eu mudar de recipiente? Perfeitamente, mas não é essa a questão.

A questão é como estão preocupados com seu bem estar e com o controle de qualidade. É óbvio que eu poderia resolver esse problema e contribuir para que a empresa nunca soubesse do problema em seu produto.

Por essas e outras que o consumidor precisa sim, sempre reclamar quando for mal atendido ou quando o produto não corresponder a suas expectativas. No entanto, esperamos que as reclamações sejam feitas com seriedade e não como forma de levar algum tipo de vantagem.

Somos os responsáveis por melhores produtos e serviços e temos também muita força quando for necessário parar de consumir produtos de empresas que não respeitam o consumidor.

Acredite, reclame e faça valer os seus direitos.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Cotidiano Nacional

Uma resposta para “O poder da reclamação

  1. noberto martins d castro

    gostaria de faze uma reclamação dos correios e do detran.
    como devo faser

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s