Ensaio sobre a religião

Hoje, enquanto tomava banho após minha atividade física matinal, estava pensando sobre a questão da religiosidade das pessoas.

Venho sofrendo uma forte pressão por parte de familiares pelo fato de nunca ter batizado meu filho. Não é uma pressão declarada. São comentários sobre a necessidade (sic) de se ter uma religião. Mas para que mesmo?

Recentemente um apresentador de televisão, que na minha opinião já deveria ter se aposentado porque eu não preciso que ninguém fique falando asneira para mim, teve a infeliz ideia de dizer que as coisas ruins, os crimes e etc, aconteciam porque as pessoas não tinham Deus em suas vidas. Declaração infeliz de um cara mais infeliz ainda.

Para o governo de todos vocês, leitores, atualmente os bandidos estão se tornando pastores para roubar o patrimônio dos fiéis, na cara dura. E roubam a esperança, a crença e sabe-se lá mais o que.

E depois vem um imbecil dizer que é porque falta Deus? Eu tenho certeza que minhas atitudes estão mais bem vistas aos olhos de Deus, levando-se em conta que Ele exista realmente, do que muitos religiosos que não saem da igreja. E sabe porque? Porque eu me esforço para não ser hipócrita, mas os religiosos não. Eles são hipócritas por escolha própria.

E outra coisa: tenho certeza que meu filho tem aprendido mais valores em casa e na escola do que aprenderia se estivesse na igreja.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Cotidiano Nacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s