Sábado de notícias

O Cotidiano Nacional inaugura hoje uma nova coluna semanal que comentará as principais notícias que nos saltaram aos olhos publicadas em um grande jornal de circulação. Obviamente que essa parceria é unilateral, mas certamente mostra nossa simpatia pela linha editorial deste jornal. No entanto, todas as opiniões são de responsabilidade do editor do Cotidiano Nacional.

Essa coluna nasceu depois que uma de minhas principais atividades aos finais de semana é esperar. Enquanto espero, espero que os leitores possam se divertir e refletir sobre nossos pitacos de final de semana. Espero que aproveitem e que estejam aqui todos os sábados, e talvez também aos domingos, participando desse bate papo descontraído sobre os desígnios do mundo lá fora.

– As eleições nos EUA estão esquentando e tanto Obama quanto Romney estão se enfrentando como podem para convencer seus eleitores. Essa particularidade da eleição de lá que deveria ser copiado aqui é o que torna a eleição interessante: o cidadão não é obrigado a votar e o candidato precisa convencê-lo a sair do conforto do seu lar para ir votar. Esse final de semana foi marcado de provocações entre os candidatos e visitas feitas e agendadas para as áreas afetadas pelo furação Isaac.

– A Noruega diz que tem US$ 1 bilhão (ou mais) para a Amazônia brasileira mas que está esperando projetos de qualidade para liberar o dinheiro. Parece que o principal entrave são as regras do BNDES para a liberação do dinheiro. ONG´s e Governos Estaduais estão com dificuldades de mostrar competência. Se esse é o problema, estou com o BNDES porque ONG´s no Brasil também é sinônimo de desvio de dinheiro ou má conduta da aplicação dos recursos. Tem que exigir “cabeça” desse pessoal para ver a cor do dinheiro.

– Angola realizou nessa sexta-feira a primeira eleição desde o fim da guerra civil, que já acabou faz 10 anos, e o vencedor deverá ser o atual presidente José Eduardo dos Santos, que governa o país há 33 anos. A oposição fala em não reconhecer o resultado e eu não preciso falar mais nada. Até eleição de síndico deve ser mais organizada do que as eleições nessas “repúblicas” “populares” e “democráticas” da Africa.

– Em São Paulo, desesperado com a queda nas pesquisas, o candidato tucano José Serra, declarou que desta vez “estou sendo eleito para ficar, não vou de novo para presidente, pois já fui duas vezes”. Quase acreditei no ex-governador. Mas não critico os eleitores do Serra, só peço que conheçam mais profundamente Alexandre Schneider, só para garantir e não ficar com aquela sensação de que levaram Kassab por lebre.

– Parece que o STF, se tiver vontade política, irá demonstrar que o Mensalão foi um dos maiores escândalos de corrupção no país e que o ex-presidente Lula sabia sim tudo e de que forma estava acontecendo. Talvez nunca seja punido por isso, mas nunca vai conseguir convencer que tem um mínimo de inteligência de que não sabia de nada. Sabia sim, e é extremamente mau caráter, como sempre foi. Espero que até 2014 o povo possa entender isso melhor e não aceitar o retorno desse indivíduo.

– E para terminar, estamos próximos de alcançar 200 milhões de habitantes. O IBGE divulgou que nossa população está estimada em 193.946.886 habitantes e que São Paulo concentra 21,6% desse contingente.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s