Arquivo do mês: janeiro 2013

Como enfrentar 2013

Não muito tempo atrás, eu estava receoso com a chegada do ano 2000, porque ainda era jovem e não sabia se ia viver muito mais, pois um medo pairava no ar naqueles tempos.

Hoje, 13 anos depois, gostaria de desejar que o ano de 2013 começasse de forma diferente para a maioria das pessoas. Com o fracasso do fim do mundo maia, agora só nos resta como esperança um asteroide que está rondando a Terra, e que passará perto em 2019 e 2036. Se não acertar em um, poderá  nos acertar em cheio no outro.

Enquanto nada disso acontece, hoje tive uma pequena revelação como uma superstição pode na verdade esconder algo muito mais profundo e verdadeiro. Aprendi que não se deve comer galinha na passagem do ano, porque a galinha cisca para trás.

Hoje, almoçando em excelente companhia em um restaurante no bairro do Butantã em São Paulo chamado “Fazendinha” (esse vai para o Dicas Engordativas do prof. Michel), pude observar, enquanto almoçava, o ciscar das galinhas e então percebi como é pobre a mentalidade daqueles que acham que a galinha ciscando para trás está atrasando a sua vida.

Quando a galinha cisca para trás, é como se ela tivesse jogando os problemas para trás, deixando o passado no lugar onde ele deve ficar, ou como se tivesse limpando e preparando o terreno par algo novo. E agora, quando penso isso, essas definições tem mais sentido do que a simplória ideia de que o ciscar pra trás levará sua vida para trás.

A vida muitas vezes depende do olhar que você tem sobre determinada situação. Se você for pobre de espírito, só conseguirá ver ou andar para trás. Mas se você tiver um pouco só de disposição, verás que o ciscar da galinha é uma oportunidade de recomeço na sua vida, um recomeço que não precisa ser em janeiro, mas em cada amanhecer.

Feliz 2013.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria