O Homem que Não Queria Ser Papa

Nossa sugestão de leitura dessa semana, que deveria ser publicado ontem motivo pelo qual pedimos desculpas aos nossos leitores, é o livro do jornalista e escritor alemão Andreas Englisch, que foi correspondente no Vaticano.

O homem que não queria ser papa narra como foi o pontificado de Bento XVI, seu início complicado e a dura tarefa de varrer as sujeiras da igreja.

O cardeal Ratzinger saiu da sua escrivaninha solitária de teólogo para assumir o mais alto posto da Igreja Católica.

No momento em que escrevo esse post, encontro-me na página 50 (são 552). Mesmo não tendo lido o livro todo, quero indicá-lo, porque acredito que todas as histórias que dizem respeito aos mistérios do Vaticano são por demais interessantes.

Nota do Editor: o livro apresenta erros de português grotescos, bem como de grafias de nome, que deveriam estar isentos pelo valor que ele custou.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Leituras do Cotidiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s