A ciclofaixa do Haddad

Não será a primeira vez que nós pensamos em voltar a escrever com mais frequência aqui no Cotidiano Nacional, mas não deixa de ser uma nova tentativa.

Depois de muito criticar sem conhecer, prática comum mesmo nas melhores famílias, fomos experimentar andar de bicicleta pela cidade de São Paulo, apesar de já ter dito que consideramos extremamente perigoso.

Então resolvemos utilizar o sistema do banco Itaú, que espalhou pelo menos uma centena de estações por toda a cidade.

Nossa estação de partida foi a localizada no terminal de ônibus do Parque Dom Pedro, região central da cidade. De lá fomos até a praça da Sé com o objetivo de chegar até a rua da Consolação. Subimos, com muito esforço, até a avenida Paulista e deixamos a bicicleta na estação da rua Luis Coelho, esquina com a rua Augusta.

O balanço que podemos fazer é que andar de bicicleta em São Paulo é muito perigoso, mas as ciclofaixas são bastante importantes. Nos sentimos muito seguro tanto na Consolação como na Paulista, e até menos em um pequeno trecho na praça da Sé.

Pode ser que alguns trechos de ciclofaixa tenham sido mal planejados ou que o prefeito Haddad esteja desesperado para cumprir a promessa de fazer 400 km de vias exclusivas para bicicletas, mas que elas realmente transformaram a cidade, isso não tem como negar.

Esperamos tornar uma prática comum as pedaladas – não fiscais – pela cidade de São Paulo.

Se você for usuário do Instagram poderá acompanhar algumas de nossas fotos clicando aqui

Resumo da aventura:
Tempo aproximado do percurso: 01 hora
Quilômetros percorridos: 04 (aprox.)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Promessas dos governadores

Para facilitar o acompanhamento dos trabalhos dos governadores, o G1 criou uma página especial mostrando as principais promessas de todos os governadores e o que já foi cumprindo e o que ainda não saiu do papel.

Você pode acompanhar aqui: Promessas dos Governadores

Com base nesse trabalho do G1, nós do Cotidiano Nacional iremos elaborar um ranking de governadores com base nessas promessas e apresentaremos a você, leitor.

Estamos elaborando uma melhor maneira de fazer essa aferição tendo em vista que o número de propostas diferem-se entre os governadores e há promessas atendidas em parte.

Fique conosco e saiba em que posição o governador do seu estado está. É o Brasileirão dos governadores.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Quem pode ser presidente?

O ano de 2016 começa com a expectativa pelo desenrolar do impeachment da presidente Dilma.

Mas quem pode ser presidente? A linha sucessória no Brasil é de deixar qualquer país democrático de pelos arrepiados. Não pela sequência dos cargos, mas daqueles que o ocupam.

No impedimento da presidente, segue-se a seguinte linha: vice-presidente, presidente da Câmara, presidente do Senado e por fim o presidente do STF.

Mas vamos à lista de ocupantes: Michel Temer, mais sujo do que pau de galinheiro; Eduardo Cunha, mais sujo do que pau de galinheiro. Renan Ca(na)lheiros, mais sujo do que pau de galinheiro.

Então, o único capaz de assumir a presidência é o presidente do STF que é o… espere (google responde) Ricardo Lewandowski.

Um bom nome tendo em vista o que temos passado atualmente. Vamos ver o desenrolar dos fatos neste ano que inicia.

O Cotidiano Nacional deseja a todos os leitores e amigos um feliz 2016.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Pesquisas indicam vencedores, ou não

Atualizado as 20h57

Por mais que os institutos de pesquisas viraram motivo de piada, nunca é demais divulgar seus resultados. Eu mesmo, quando tinha 15 anos, fiz uma pesquisa na eleição do Collor na minha cidade. Lembro que entrevistei mais de 100 eleitores.

Vamos divulgar os resultados por ordem de eleição menos resolvida, lembrando sempre, que são dados de pesquisas.

Amazonas: José Melo (PROS) e Eduardo Braga (PMDB) possuem 50% das intenções de voto.
Resultado oficial: Melo 55,64% – Braga 44,36% (95,93)

Pará: Helder Barbalho (PMDB) e Simão Jatene (PSDB) estão empatados com 50%.
Resultado oficial: Jatene 51,94% – Barbalho 48,06% (98,80%)

Mato Grosso do Sul: Delcidio (PT) tem 51% e Azambuja (PSDB) 49%.
Resultado oficial: Azambuja 55,34% – Delcídio 44,66% (100%)

Ceará: Camilo do PT tem 52% contra 48% de Eunicio (PMDB).
Resultado oficial: Camilo 53,32% – Eunicio 46,68% (99,59%)

Paraíba: Ricardo Coutinho (PSB) com 53% e 47% para Cunha Lima(PSDB).
Resultado oficial: Coutinho 52,61% – Cunha Lima 47,39% (99,99%)

Rondônia: Confucio Moura (PMDB) 54% e Expedito Jr. (PSDB) 46%.
Resultado oficial: Moura 53,43% – Expedito 46,57% (99,92%)

Rio Grande do Norte: Robinson Faria (PSD) 54% e Henrique Alves (PMDB) 46%.
Resultado oficial: Robinson 54,42% – Alves 45,58% (100%)

Acre: Tião Viana (PT) e Márcio Bittar (PSDB) abrem a faixa de 10% de diferença: 55% x 45%.
Resultado oficial: Tião 51,66% – Bittar 48,34% (37,59%)

DF: Rollemberg (PSB) 55% contra Frejat (PR) 45%.
Resultado oficial: Rollemberg 55,56% – Frejat 44,44% (100%).

Rio de Janeiro: Pezão do PMDB e Crivella (PRB) disputam o Palácio da Guanabara: 56% x 44%.
Resultado oficial: Pezão 55,78% – Crivella 44,22% (100%)

Roraima: Suely Campos (PP) 56% e Chico Rodrigues (PSB) 44%.
Resultado oficial: Suely 54,91% – Chico 45,09% (95,75%)

Rio Grande do Sul: Ivo Sartori (PMDB) e Tarso Genro (PT): 59% a 41%.
Resultado oficial: Sartori 61,21% – Tarso 38,79 (99,99%)

Goiás: Marconi Perillo (PSDB) e Íris Rezende (PMDB): 60% x 40%.
Resultado oficial: Perillo 57,44% – Iris 42,56% (100%)

Amapá: Waldez (PDT) com 62% e Camilo Capiberibe (PSB) com 38%.
Resultado oficial: Waldez 60,56% – Camilo 39,44% (99,25%)

Para o Ibope os resultados do primeiro turno vão se repetir na maior parte dos estados e no DF. Mas duas viradas são apontadas: Paraíba e Rio Grande do Norte.

Agora é esperar os resultados oficiais a partir das 17 horas.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

“Partidas” emocionantes no 2° turno

Melhor que o futebol no próximo final de semana, será a disputa pelo cargo de governador em alguns estados.

Disputas emocionantes no primeiro turno podem se repetir agora no próximo domingo. Alguns por muito pouco não venceram e por isso mesmo tornaram essa segunda rodada mais emocionante e até uma certa dramaticidade.

Quer dizer, isso pra quem gosta de política, porque você pode se perguntar: o que vai mudar minha vida saber quem vai governar o Pará, por exemplo?

Filosofias e crises existenciais a parte, vamos às disputas nos 13 estados que ainda não sabem quem escolher. Algumas disputas foram bem equilibradas.

Cabe destacar que estamos desconsiderando toda e qualquer pesquisa de opinião.

Acre: o estado de Marina Silva deve escolher Tião Viana (PT). Por muito pouco o petista não leva no primeiro turno, ficando com 49,73%. Seu adversário, Márcio Bittar (PSDB) ficou com 30,10% e não deve oferecer resistência.

Amapá: terra postiça do finado aposentado José Sarney, deve eleger Waldez (PDT) que conquistou 42,18% contra Camilo Capiberibe (PSB) que ficou com 27,53%.

Amazonas: enfim um estado onde o resultado é imprevisível. Foi uma das menores diferenças em números de votos. Eduardo Braga (PMDB) e José Melo (PROS) tiveram 43% dos votos válidos.

Ceará: Camilo (PT) conquistou 47,81% contra 46,41% do peemedebista Eunicio. Também uma disputa em que o vencedor será definido voto a voto.

Distrito Federal: Rollemberg (PSB) somente teve sua vitória adiada (45,23%), talvez pela presença de José Roberto Arruda, que mesmo trazendo certa rejeicão, conseguiu conquistar alguns votos. Jofran Frejat (PR) tenta se recuperar e melhorar seu score agora no segundo turno, já que alcançou 27,97%.

Goiás: alguns estados merecem os governantes que tem. Ter que escolher entre Marconi Perillo (PSDB) e Iris Rezende (PMDB) será o grande dilema dos goianos. O resultado do primeiro turno indicam a volta do ex-governador tucano. (45,86% X 28,40%)

Mato Grosso do Sul: PT e PSDB disputam essa governadoria com uma pequena vantagem para o canditato petista, que conseguiu 42,92% dos votos contra 39,09% de Reinaldo Azambuja.

Pará: talvez na terra sem lei no estado ocorrerá a eleição mais disputada de todas. Lembro-me que no primeiro turno cheguei a ver Helder Barbalho (PMDB) com 50% dos votos, mas não manteve força e terminou com 49,88%.  O atual governador tucano Simão Jatene ficou com 48,48%.

Paraíba: Cassio Cunha Lima e Ricardo Coutinho, PSDB x PSB vão para o segundo turno praticamente empatados. No primeiro turno, 47,46% a 46,05% em favor de Cunha Lima.

Rio de Janeiro: assim como Goiás, a escolha dos cariocas é de doer. Entre escolher Pezão (PMDB) e Crivella (PRB), eu iria viajar. De qualquer maneira, Pezão deve levar essa.

Rio Grande no Norte: Henrique Alves (PMDB) tem pequena vantagem sobre Robinson Faria (PSD). No prmeiro turno o placar foi de 47,34% e 42,04%.

Rio Grande do Sul: o azarão terceiro colocado nas pesquisas, Ivo Sartori (PMDB) deverá dar uma sova merecida no pai da Luciana Genro. A maldição da reeleição deverá continuar. Ou os políticos gaúchos são ruins demais ou os gaúchos são políticos demais.

Rondônia: a eleição que teve o resultado mais baixo entre todos os estados. Confúcio Moura (PMDB) ficou com 35,86% e Expedito Jr. (PSDB) com 35,42%.

Roraima: a ex-cassada Suely Campos (PP), mulher do governador cassado Neudo Campos pode vencer a eleição, mas Chico Rodrigues (PSB) pode ter algum fôlego. Como diríamos no futebol, o jogo só acaba quando termina.

A partir das 17 horas estaremos acompanhando a apuração em tempo real.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Menor município do Brasil insinua Aécio Presidente

Em 2010 criamos a superstição de que quem ganha no menor município do Brasil chega ao Palácio do Planalto.

Desta forma, a pequena Borá, no interior do estado de São Paulo, que era a detentora do título de menor município do Brasil elegeu a Presidente Dilma em seus dois turnos. No primeiro a petista bateu o tucano José Serra (PSDB) por 324 x 300 e no segundo por 384 x 335.

Agora em 2014, Serra da Saudade (MG) assumiu a posição anteriormente ocupada por Borá e já deu seu primeiro palpite: Aécio (PSDB) alcançou 62% dos votos válidos contra 33% de Dilma (PT). O placar numérico foi de 494 x 267.

Vale destacar que Aécio também venceu em Borá: 354 X 293

Será que Serra da Saudade vai escolher o novo presidente do Brasil. Saiba mais no domingo, 26/10, a partir das 17 horas, aqui no Cotidiano Nacional.

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Ranking do primeiro turno – Governadores

O Cotidiano Nacional apresenta o ranking dos governadores mais votados do país. 13 estados resolveram logo no primeiro turno e vão assistir o segundo de camarote.

1°) Pernambuco – Paulo Câmara – PSB – 68,08%
2°) Maranhão – Flávio Dino – PC do B – 63,52%
3°) Piauí – Wellington Dias – PT – 63,08%
4°) São Paulo – Geraldo Alckmin – PSDB – 57,31%
5°) Mato Grosso – Pedro Taques – PDT – 57,25%
6°) Paraná – Beto Richa – PSDB – 55,67%
7°) Bahia – Rui Costa – PT – 54,53%
8°) Sergipe – Jackson Barreto – PMDB – 53,52%
9°) Espirito Santo – Paulo Hartung – PMDB – 53,44%
10°) Minas Gerais – Fernando Pimentel – PT – 52,98%
11°) Alagoas – Renan Filho – PMDB – 52,16%
12°) Santa Catarina – Raimundo Colombo – PSD – 51,36%
13°) Tocantins – Marcelo Miranda – PMDB – 51,30%

Resultado por partidos:
PMDB – 04
PT – 03
PSDB – 02
PC do B, PDT, PSB e PSD – 01

Confrontos do 2° turno
PSDB X PMDB (GO, PA, RO)
PSDB X PT (AC, MS)
PMDB X PT (CE, RS)
PSDB X PSB (PB)
PMDB X PROS (AM)
PMDB X PRB (RJ)
PMDB X PSD (RN)
PSB X PDT (AP)
PSB X PR (DF)
PSB X PP (RR)

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria